Como fazer um aborto no Brasil

Se você está gravida e quer fazer um aborto por qualquer motivo, apesar do aborto não ser legal no Brasil há algumas opções para você.

A primeira opção, e a que eu mais recomendo, é entrar em contato com a organização Women on Web (Mulheres na Web) pelo site:

http://womenonweb.org

ou pelo email: info@womenonweb.org

Elas falam português. É uma organização sem fins lucrativos que ajuda mulheres em países onde o aborto não é legal ou não é acessível. Elas poderão te ajudar a fazer um aborto com medicamentos.

Até saiu uma matéria no jornal sobre elas.
É amplamente conhecido o fato do cytotec ser usado para o aborto. Até o governo Brasileiro sabe disso e estudo formas de tornar o aborto clandestino mais seguro.

Se você tem como comprar o cytotec (nome genérico é misoprostol e também chamado de prostokos, arthrotec etc) você precisa saber como fazer o procedimento mais eficiente e seguro. Pode ler o procedimento no site das Women on Waves (Mulheres sobre ondas):

http://www.womenonwaves.org/set-274-pt.html

Essa organização é uma organização irmã da Women on Web.

Se você tem MENOS DO QUE 9 SEMANAS peça da Women on Web:

http://www.womenonweb.org/article-174-pt.html

Através delas terá acesso à um aborto com Mifepristone e Misoprostol, tem eficiência maior do que um aborto apenas com Misoprostol. Elas pedem uma doação de R$250 reais para ajudar a manter o serviço. Isso é um valor muito menor do que esses vendedores fraudadores que vai encontrar por aí e os medicamentos são verdadeiros.

Se você tem MENOS DO QUE 3 MESES de gravidez (menos de 12 semanas):

Se não pode pedir da Women on Web e vai comprar os comprimidos, você vai precisar de 12 comprimidos de 200 microgramas de misoprostol. Copiei abaixo as instruções da Women on Waves:

Para induzir o aborto, a mulher deve colocar 4 comprimidos de 200 microgramas (no total de 800 µg) de Misoprostol sob a língua e manter lá até se dissolverem. Não engula!!

3 horas depois a mulher deve colocar mais 4 comprimidos de Misoprostol sob a língua. Não engula!!

A mulher deve colocar de novo, pela terceira vez, 4 comprimidos de Misoprostol 3 horas depois.

Se você tem MAIS DO QUE 3 MESES de gravidez (mais de 12 semanas):

Você vai precisar de 10 comprimidos de 200 microgramas de misoprostol.

Deverá dissolver 2 comprimidos de misoprostol embaixo da língua (ou umedecer e colocar na vagina) por 30 minutos.

Depois de 3 horas deve colocar mais 2 comprimidos de Misoprostol embaixo da língua. 

Deve repetir a dose de 2 comprimidos debaixo da língua à cada 3 horas até o aborto acontecer ou até usar todos os 10 comprimidos. 

Essas informações foram tiradas da cartilha de recomendações da Organização Mundial da Saúde em inglês: http://apps.who.int/iris/bitstream/10665/70914/1/9789241548434_eng.pdf

Aqui está outra fonte, em português:

http://www.febrasgo.org.br/?op=300&id_srv=2&id_tpc=5&nid_tpc=&id_grp=1&add=&lk=1&nti=878&l_nti=S&itg=S&st=&dst=3

Se você tem MAIS DO QUE 5 MESES É TARDE DEMAIS PARA ABORTAR COM MEDICAMENTOS!

Aliás, é tarde demais para abortar também na grande maioria dos países onde o aborto é legalizado. Nesta altura se você não tem condições de ter um filho, se não deseja etc precisará pensar em oferecer o bebê para adoção ou alguma alternativa desse tipo.

Não há estudos científicos que indiquem uma dose certa para um aborto depois dos 6 meses. Se for tomar o misoprostol a dose deve ser muito pequena e o feto pode nascer vivo! Se o feto nascer vivo não é um aborto e sim um parto prematuro. Pense muito bem nas consequências disso.

Quanto maior for o tempo de gravidez menos comprimidos precisará! No início da gravidez, a progesterona ajuda o útero a crescer e previne ao máximo as contrações. Tanto que suplementos de progesterona são usados quando a mulher tem risco de um aborto espontâneo e quer manter a gravidez. Mais tarde na gravidez essa “proteção” diminui e por isso são necessários menos comprimidos de misoprostol. Para você ter um exemplo, o misoprostol é utilizado para induzir partos e a dose é mínima, somente 1/8 de um comprimido!

Depois de abortar

Depois de abortar é normal que sangre que nem uma menstruação por mais 2-3 semanas. As dores são só no dia e às vezes nos dias seguintes mas elas vão embora.

Você NÃO PRECISA ir ao médio AO MENOS que tenha esses problemas:

– Sangramento muito intenso (muito maior que uma menstruação). A Women on Web indica que se você encher dois absorventes grandes em 1 hora por duas horas seguidas então está sangrando demais e precisa ir ao médico.

– Se as dores não forem embora depois do primeiro dia e se forem muito fortes.

– Se você tiver febre durante 24 horas — pode ser uma infecção.

Mais informações: http://www.womenonweb.org/article-214-pt.html

Outras maneiras de fazer o aborto

No Brasil é comum as pessoas dizerem que se faz o aborto com 4 cytotecs:  tomando dois e colocando outros 2 na vagina.

Este procedimento não é o melhor e as chances do aborto NÃO acontecer são muito altas. O mais indicado é que o cytotec seja dissolvido embaixo da língua porque desssa forma o princípio ativo já vai para a corrente sanguínea. Se engolir vc vai precisar esperar ele ser digerido e a quantidade que entra na corrente sanguinea não é a mesma.

Siga as instruções acima porque são resultados de pesquisas científicas em busca do melhor procedimento.

O aborto medicinal é seguro?

Sim! Nos Estados Unidos, na Europa e em outros países onde o aborto é legalizado é ABSOLUTAMENTE NORMAL o uso do misoprostol para induzir o aborto antes das 12 semanas de gravidez. No Brasil é difícil conseguir informações verdadeiras porque é tão difícil falar sobre o aborto.

O aborto medicinal sempre é mais seguro que um parto.

Cuidado com vendedores de medicamentos

Cuidado com vendas falsas por aí! Conheço muitas mulheres que foram enganadas. Em alguns casos você faz o pagamento e não recebe nada! Em outros casos recebe um medicamento falso.  Pior é que não tem como você saber com certeza que o suposto vendedor lhe enviará o medicamento porque mesmo se ele não lhe enviar nada não tem como reclamar dele. De qualquer forma se não tem outra forma de comprar o medicamento o jeito é arriscar mesmo.

Porque mulheres fazem abortos?

Eu tinha acabado de terminar um namoro de 4 anos. Foram muitos meses sofridos, inconformados que não fomos feitos um para o outro, nos tratando mal pois nos sentíamos presos um ao outro, não por amor mas pela história que tinhamos. Depois de 10 dias que terminamos acordei enjoada.  Na noite anterior tinha saído para beber com minhas amigas. No dia seguinte enjoei novamente e como nunca sou de enjoar, nem mesmo de ressaca, dei uma olhada na agenda. Vi que era para a menstruação ter descido… 4 semanas atrás! Eu nunca fui estressada com a menstruação e ela nunca foi muito regular mas reparei que meu corpo estava diferente. Achei que fosse a depressão do fim do namoro mas estava grávida e confirmei com 5 testes de farmácia. Foi uma decisão triste fazer o aborto pois sempre quis ser mãe. Entretanto foi a decisão mais óbvia de minha vida, aquele não era o momento certo e nem a pessoa certa.

Há muitos motivos para uma mulher querer um aborto

Há tantos motivos quanto há mulheres. A mulher não quer ter filhos no momento, não quer ter filhos com a pessoa de quem engravidou, não tem recursos para ter um filho neste momento, não quer ter filhos com a idade que tem,  não quer ter mais filhos do que já tem etc etc etc.

Não há “regra” sobre como agir/sentir antes/depois de um aborto

A idéia de que a mulher vai ficar destroçada, que vai sentir culpa pro resto da vida, que vai ser uma decisão difícil, que o aborto é perigoso. NÃO HÁ REGRA! Cada pessoa é tão diferente uma da outra, então como pode haver apenas uma maneira de agir após um aborto?

Eu observo que uma das dificuldades ao passar pela experiência do aborto é não se encaixar no que a sociedade dita sobre como você deve se sentir. Como se todas as mulheres fossem iguais e como se a situação de cada uma fosse a mesma. Você é uma pessoa única! O seu corpo é único. Só você sabe o que você está passando assim como só você sabe de sua vida. A sociedade tenta dizer que você não é capaz de saber mas acredite, você sabe sim!

Mitos sobre o aborto

Sempre é uma decisão dolorida?

  • FALSO. Pode ser uma decisão muito difícil para algumas mulheres e para outras não. O que eu observo é que para a maioria é  uma decisão importante na vida de uma mulher pois é como uma bifurcação na vida, a diferença é bem grande entre os resultados da decisão.

Os riscos são muito grandes?

  • Os riscos de um aborto seguro serão sempre, SEMPRE, menores do que os riscos de um parto! Não estou dizendo que o parto é perigoso mas está comprovado que fazer  um aborto é mais seguro do fazer o parto. Portanto, poderia se dizer que a cada dia que a gravidez continua os riscos para a saúde da mulher aumentam.
  • Para você pensar, um aborto medicinal no primeiro trimestre é  uma indução de contrações no útero para causar a expulsão dos produtos da gravidez. É como se fosse uma menstruação mais forte. Isso não pode ser mais perigoso e não tem mais sequelas do que um parto onde um bebê de 3 a 5 quilos, não é mesmo?
  • Porque deixar mulheres sofrerem nas mãos de trambiqueiros e clínicas clandestinas quando um aborto poderia ser tão seguro assim? É incompreensível. Essas regras sobre o corpo e o poder de decisão das mulheres no Brasil estão sendo ditadas por homens, pela religião e não em nome do bem-estar e da saúde das mulheres.

Vou sentir culpa depois de fazer o aborto?

  • Algumas mulheres se sentem culpadas e outras não.  Em minha experiência pessoal, a culpa que senti foi de ter me encontrado naquela posição de ter que fazer um aborto “porque não tomei mais cuidado?”. Mas no entanto, só posso falar de mim e não acho que seja desta forma como todas as mulheres se sentem. Muitas mulheres sofrem com o julgamento das pessoas ao seu redor, de sua família e amigos, ou se sentem culpadas pois sempre desejaram ser mães mas no entanto não é o momento certo, etc, como disse, cada mulher é diferente e tem vidas diferentes. Foram criadas por pessoas diferentes, não necessariamente pensam e reagem da mesma forma.

Mas o aborto é crime

  • No Brasil é crime mas em países mais desenvolvidos como na Europa, nos Estados Unidos o aborto não é criminalizado e entende-se que a mulher decide sobre sua própria vida. Mesmo que nesses países existam pessoas cuja religião seja contra o aborto, o aborto seguro é acessível para mulheres decidirem por elas mesmas.
  • É crime querer uma vida melhor para si mesma? É crime se colocar como prioridade frente e algo que nem pessoa é ainda?

O feto é uma vida?

  • O embrião só será independente da mulher grávida depois de nascer. Enquanto isto ele faz parte do corpo dela e depende inteiramente da mulher para sobreviver. Um óvulo e um espermatozoide se unem e formam um embrião. No momento que o embrião se prende à parede uterina, porque este embrião tem direito a usar o corpo da mulher durante 9 meses sem o consentimento dela?
  • Há diversas opiniões. Quem define isto? Como se define isto? Os cientistas? A igreja? E é certo que toda a sociedade deve ser subjugada à opinião mais restritiva? No Brasil a criminalização do aborto se baseia em conceitos religiosos sobre a vida enquanto o estado supostamente seria laico.

Se não queria engravidar deveria usar camisinha

  • Na Holanda onde o aborto é legalizado e as mulheres não são perseguidas e julgadas por fazer um aborto como são no Brasil, de acordo com estatísticas vindas da análise de prontuários médicos (site em holandes),  a  maioria das mulheres que fazem um aborto em uma clínica usava algum método de contracepção antes de engravidar. Aproximadamente, um terço das mulheres não usavam métodos anticoncepcionais, um terço usava preservativos e o outro terço usava pílula anticoncepcional. Portanto, em um país com uma das taxas mais baixas de abortos no mundo, onde o aborto é legalizado, onde métodos contraceptivos e educação sexual são mais acessíveis do que no Brasil DOIS TERÇOS das mulheres que fazem abortos se preveniam de alguma forma. Nestes dois terços incluem-se mulheres que tomavam pílula, que usavam o DIU, que usavam camisinha e até que fizeram ligação de trompas.
  • Então pela lógica dessas pessoas, para prevenir uma gravidez não basta utilizar um método contraceptivo ou dois, não pode transar e nem mesmo sair de casa para não correr o risco de ser estuprada!

ATENÇÃO:

1. Devido ao alto volume de comentários e eu por falta de tempo eu não consigo responder à todos os comentários. Normalmente são perguntas que já foram respondidas ou cuja resposta já está no blog. Por favor leia com atenção o blog e só depois deixe sua pergunta. Não responderei mais a perguntas do tipo “estou com tantas semanas, como faço o aborto?”. Só existem dois procedimentos: um para menos de 12 semanas e outro para 12 semanas ou mais. Eles estão explicados acima.

2. Para sua própria segurança, não use seu nome verdadeiro nos comentários!

3. Parece que a Women on Web não está entregando mais no Brasil. Eu não sei se isso é temporário. Parece que algumas pessoas conseguem e outras não conseguem. Vocês devem perguntar diretamente para elas.